Coordenadores pedagógicos do município de Riachão das Neves exigem respeito e valorização profissional.

 

Há mais de dois anos, o grupo de coordenadores pedagógicos efetivos do município de Riachão das Neves-Ba, vem solicitando a mudança de nível ao atual prefeito, Miguel Crisóstomo. E este, por motivos ignorados, nega os direitos desses servidores.

Atualmente, os coordenadores pedagógicos recebem seus proventos como graduados, sendo que no grupo todos são pós-graduados e até mestres.

Assegurados pela Constituição Federal de 88, no seu art. 206, que se refere à valorização profissional do magistério de acordo com o plano de carreira e a LDB, art. 67 que afirma a progressão funcional baseada na titulação, além de valorizar a formação continuada em serviço, como também o plano de carreira do servidor do magistério onde, em seus art. 29 e 30, lê-se que a mudança de nível é automática, classificando-os de acordo titulação.

Diante das prerrogativas legais, os coordenadores pedagógicos têm direito à mudança de nível.

Então, exigem do prefeito o cumprimento da legislação quanto à valorização dos profissionais da educação.
Os coordenadores já tentaram dialogar com o prefeito e não obtiveram sucesso. Este se nega em recebê-los.

Desta maneira, não há como entender porque o atual prefeito, numa atitude desleal com o servidor municipal, nega a mudança de nível de 14 coordenadores pedagógicos que prestam serviços no município.

*”Exigimos respeito enquanto pessoas e profissionais da educação! Mudança de nível, já!*
Estamos de olho, Sr prefeito Miguel.
O título de eleitor pode mudar seu nível” !
Em protesto clamam os coordenadores de Riachão das Neves!

 

Blog Cebolinha Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *