BARREIRAS: PROFISSIONAIS DA ÁREA DE SAÚDE EXIGEM RESPEITO E MELHOR CONDIÇÕES DE TRABALHO.

Não bastar a má administração que tem sido feita no combate a pandemia de covid-19 pela atual gestão municipal de Barreiras no Oeste da Bahia, com um registro até o fechamento dessa matéria de 129 óbitos e mais de 10 mil pessoas infectadas pelo Coronavírus, os profissionais da saúde da rede hospitalar e pré-hospitalar também já não aguentam mais o descaso vivenciado e imploram por ajuda.

Em nota oficial, a comissão dos profissionais de enfermagem da assistência pré-hospitalar e hospitalar de Barreiras, divulgou publicamente no último dia 16 de março, que vivenciam condições de trabalho precarizado e também, casos de assédio moral que tem se intensificado nas unidades de atendimento após a mudança de cargos da atual gestão.

Entre as principais demandas citadas, a categoria enfatiza a falta de investimento estrutural no hospital da mulher, a não realização do teste do coraçãozinho na maternidade municipal, inexistência de maqueiro nas unidades necessárias o que eleva e agrava o desenvolvimento das atividades essenciais dos enfermeiros, entre outras.

Chega a ser inacreditável vivenciar tudo isso, e seria muito interessante saber da atual gestão municipal, o porquê? Porque estão fazendo isso com os nossos profissionais? Em Prol do que, e de quem? Em meio a um momento lamentável e crítico como esse em que vivemos, onde a prefeitura de Barreiras fora o seu orçamento ordinário para a saúde, já recebeu mais de 15 milhões de reais para o combate a pandemia do covid-19, estamos reportando falta de estrutura… falta o que prefeitura?

Cabe a nós barreirenses que amamos e buscamos o melhor para essa nossa cidade, nos perguntarmos, a que ponto a saúde de Barreiras chegou e o que podemos esperar para o futuro da nossa cidade? Hoje Barreiras vive praticamente a mercê do Governo Estadual com a construção da Upa, a construção da POLICLINICA e principalmente com a manutenção do Hospital do Oeste.

Esses e outros problemas estão mais que explicito para todos nós. A falta de estrutura e a calamidade das unidades de saúde é de causar revolta e indignação em todo cidadão de bem. Infelizmente, a Câmara de vereadores permanece em SILÊNCIO, infelizmente o excelentíssimo senhor prefeito que a pouco mais de 5 meses estava em campanha política, continua em silencio. Mas esses profissionais da saúde, guerreiros e guerreiras, merecedores de todo o nosso respeito, hoje mais do que nunca, não irão se calar. E esse espaço público e democrático como é o nosso blog, continuará sempre à disposição para o exercício legal da nossa democracia.

 

 

Blog Cebolinha Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *