Covid-19: 354 milhões de doses estão asseguradas em 2021, diz Pazuello.

Vacinas serão produzidas pela Fiocruz e pelo Butantan

O ministro da saúde Eduardo Pazuello disse nesta quarta-feira (6), em pronunciamento na rede nacional que o Brasil já tem 354 milhões de doses das vacinas contra a Covid-19 asseguradas, mas não confirmou a data de início da vacinação. Pazuello também criticou as exigências feitas pela Pfizer para fornecer as vacinas ao Brasil.

“Importante enfatizar que quanto a Pfizer, que já disponibilizou em alguns países, mesmo em quantidades muito reduzidas, o Ministério da Saúde está trabalhando com representantes da empresa para resolver exigências que não encontram amparo na legislação brasileira. Dentre elas: isenção total e permanente de responsabilidade civil por efeitos colaterais, transferência do foro para fora do Brasil e envio de ativos brasileiros para criação de fundo para custear possíveis ações judiciais”, disse.

Pazuelo também comentou a situação das seringas e agulhas para a aplicação das doses. “O Brasil já tem disponíveis cerca de 60 milhões de seringas e agulhas, temos também a garantia que receberemos mais 8 milhões em fevereiro e mais 30 milhões. Serão ao todo 254 milhões de doses da Fio Cruz e mais 100 milhões de doses do Butantan-Sinovac”, pontuou.

O ministro também disse que “o Brasil é o único país da américa latina a ter três laboratórios produzindo vacinas”. Iremos exportar vacinas para nossa região muito em breve. Asseguro que todos os estados e municípios irão receber as vacinas de forma simultânea e de forma igualitária”, finalizou.

 

 

Blog Cebolinha Notícias
Fonte/ BN-BAHIA NOTICIA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *