Luís Eduardo Magalhães: montagem de governo técnico apresenta resultados nas primeiras crises

A decisão de montar um governo técnico, e não com loteamentos partidários, tem sido uma marca das novas administrações pelo Brasil a fora; em Luís Eduardo não foi diferente.

Ao assumir a prefeitura no dia primeiro de janeiro o democrata Junior Marabá prometeu fazer um governo diferente e voltado para a população que mais precisa dos serviços públicos.

Com apenas 14 dias à frente da sua administração, o prefeito Junior teve que encarar os problemas recorrentes gerados por uma chuva de mais de 100mm, que caiu por pouco mais de três horas. Este cenário destacou a qualidade das suas escolhas nas diversas secretarias; mas o destaque, sem dúvidas, ficou para a secretária de Assistência Social, Scheilla Bernardes.

Já na hora da montagem do Gabinete de Crise, na noite do dia 14, a secretária Scheilla Bernardes já era sinônimo de disposição e entrega. “Gente, vamos para rua. Temos que ver o que está acontecendo na rua e nas casas dos mais atingidos”, já cobrava da equipe presença.

Dentro das casas alagadas Scheilla fez vídeo e pediu ajuda. Nos dias seguintes, em parceria com a Polícia Militar, a secretária iniciou a campanha ‘Chuva de Solidariedade’. E o que era para ser uma ação de solidariedade, virou uma chuva de doações.

“A Scheilla foi uma guerreira nesse momento de crise. Se fez presente durante todo o tempo, correu atrás de soluções e não deixou os outros inúmeros problemas da sua Secretaria sem resolver. Ser produtivo durante os momentos de pressão não é para todo mundo. Estou muito satisfeito com os resultados da Scheilla”, disse o prefeito Junior Marabá.

 

ASCOM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *