Morador de Barreiras-BA, queima lixo, fogo se alastra e atinge área equivalente a oito campos de futebol

05/09/2018

 

A área atingida fica próxima do Hospital do Oeste e de residências do bairro Bela Vista. De acordo com Vagner Manhesi, gerente da brigada do Centro Nacional de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais (PrevFogo), o tempo seco nesta época do ano facilita a propagação do fogo.
“A pessoa queimou, passou para a vegetação e acabou chegando às margens do rio. Está seco, o vento aumentou, então rapidamente o fogo vai propagar. Inclusive a fumaça. Hoje você vê que ao redor de Barreiras está tudo cheio de fumaça, a respiração já está difícil, e infelizmente a época crítica chegou”, afirmou.
Desde o último mês de julho, a equipe do PrevFogo está trabalhando no combate às queimadas, que já somam 57 na região oeste da Bahia, em uma semana. Além do tempo seco, a baixa umidade e altas temperaturas, que chegam aos 35°, criam o ambiente propício aos incêndios.
Ainda segundo o gerente do PrevFogo, as queimadas acabam destruindo indiretamente a fauna da região.
“É bem nesta época, por ter várias flores no chão, vários frutos caídos, que os animais que compõem a nossa fauna se reproduzem, justamente para os filhotes poderem se alimentar disso que está disposto no chão. Então, quando a gente faz essa queimada, que a gente queima essas flores e esses frutos, a gente está interrompendo a vida deles. A sobrevivência destes filhotes está ameaçada indiretamente pelo uso irracional do fogo”, alertou Vagner Manhesi.
Fonte: TV Oeste / G1 BA
Compartilhe nas Redes Sociais

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: