‘Espero que o governo federal atrapalhe menos’, dispara Rui sobre vacinação na BA.

Ao comentar o plano de vacinação da população baiana contra a Covid-19, na manhã desta sexta-feira (8), o governador Rui Costa foi taxativo ao afirmar que “espera que o governo federal atrapalhe menos” o processo. A fala de Rui vem após sucessivas críticas já expostas pelo gestor em relação ao comando da pandemia pela esfera federal, sobretudo o comportamento negacionista do próprio presidente jair Bolsonaro (sem partido).

Segundo o governador, a estratégia da Bahia já está articulada e o critério de grupo de risco definirá a vacinação por etapas, iniciando por trabalhadores da saúde  – pública e privada -, da área de segurança pública e idosos com idade acima dos 75 anos.

“Estamos com tudo pronto. Conseguimos comprar, inclusive, seringas. Conseguimos comprar os refrigeradores para distribuir nas regiões. A prioridade não será por cidade. A prioridade será por grupo de risco”, explicou o governador.

A expectativa do gestor é de a vacinação seja iniciada em no máximo 30 dias (reveja) e se estenda ao longo de 2021, permitindo, por exemplo, a organização para a retoma das atividades escolares presenciais no estado.

“Vamos incluir também nos grupos prioritários os professores da educação estadual, municipal e privado e assim vamos progressivamente até o final do ano. Eu espero que o governo federal atrapalhe menos. Se não pode ajudar, que pelo menos atrapalhe menos”, finalizou Rui em coletiva a imprensa.

Blog Cebolinha Notícias
Fonte/BN-BAHIA NOTICIA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *